<style type="text/css"> <!-- .titlepost { font-family: "Century Gothic", Arial, Tahoma; font-size: 16px; } --> </style> <BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener("load", function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=6820187666177192329&blogName=A+Boaesposa+e+Pensandonaquilo&publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&navbarType=BLUE&layoutType=LAYOUTS&homepageUrl=http%3A%2F%2Faboaesposaepensandonaquilo.blogspot.com%2F&searchRoot=http%3A%2F%2Faboaesposaepensandonaquilo.blogspot.com%2Fsearch marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" frameborder="0" height="30px" width="100%" id="navbar-iframe" title="Blogger Navigation and Search"></iframe>
 
Tem pensando

Amigos
 
Sexoeacidade
Ginurse
Entretantas Eu
Nunca É Tarde Para Recomeçar
Dedo de Moça
Nas Esquinas da Farme
Poesiaevinhotinto
Ilusionblanca
Chutando o bardi
No fear, No worry, No doubt.
dctor X
Sakanagem! :-O
NotasdoVelhoSafado
PuraLua
Sweet Delirius
Siga Aonde Vão Meus Pés
Reflexões Depois dos 30
Conversando com Mônica
Jardim da Kall
Mulheres do Coveiro
Nha
Mulheres à la carte
Cilada de Amor
Olhe o Céu

Música
My Lovers Gone
Dido
Contato
 

Minha foto
Nome:
Local: Rio Grande do Sul, Brazil

Um cara muito crítico, politizado, e portanto, um chato. Mas que adora trocar idéias, ler blogs e fazer comentários enormes.

Informativos
Google
 
 
 
 
 
Passado Remoto
  • Eu já ví muito isso....e continuo vendo...é tudo t...
  • Sua vida num celular perdido, roubado ou trocado p...
  • Por quê? Por quê? e por quê?
  • Sexo e ecologia...faça a sua parte...
  • Propaganda Sublimar
  • Falar com mulheres deixa homens mais burros
  • Uma Cigana Leu A Minha Mão...
  • Sorria. Você Está Sendo Filmado (mico eletrônico)
  • Sistema (caralho) fora do ar...
  • Menos, né?
  • Relembre os mais Antigos
    td>
    Visitas
    Layout

    « Home »

    Piercing no p.....???


    Sabe aquele amigo meio maluco que todo mundo tem? O nosso era o Jojó. Sempre, ou a qualquer momento, ele vinha com aquelas idéias malucas que só ele tinha. Em uma discussão sobre fantasias sexuais, ele saiu-se com essa:
    -Vou colocar um piercing no pau!!!
    Nos olhamos por um instante... e caímos na gargalhada. O Jojó tinha horror à agulhas. Tinha trauma de enfermeiras desde a última vacina BCG que havia tomado, há muitos anos. Dentista, então, nem amarrado, porque sem a mordaça ele gritaria como um porco sendo esfaqueado.
    Com cara de brabo, o Jojó explicou que leu em uma revista que piercing no pau aumentava o prazer das mulheres, e que ele, que obviamente se achava um grande comedor, ficaria famoso (embora não conseguisse transar nem a "ceguinha", a míope do bairro que dava prá todo mundo). Tentamos dissuadir o Jojó dessa idéia maluca, argumentando que isso doeria muito, que tinha a agulha, e que teria um homem de cara feia segurando o seu pau. Não adiantou. Ele parecia firme em sua idéia. Até que eu, com cara de sério, disse:
    - Taí um coisa que eu duvido!!! Acho que você não tem coragem prá fazer isso!!!
    Todos riram, menos o Jojó, que ferido em sua hombridade, cruzou os dedos sob os lábios e jurou:
    - Pois vocês vão ver, seus merdas. E vai ser essa semana mesmo!
    No dia seguinte, ele, com cara de machão, avisou:
    -Já marquei! Vai ser depois de amanhã!
    Nos olhamos, e dei de ombros, ainda não acreditando.
    Na noite seguinte, ele pediu uma reunião urgente, e já sabíamos que ele deveria ter desistido. Mas não! Ele queria apenas que fôssemos com ele à clínica, pois queria um apoio moral. Senti um certo tremor em sua voz, e para sacanear, falei:
    -Jojó, não vamos assistir você tirar o pau prá fora, ver "ele" ser furado e ter um arame enfiado no coitado!
    Ele berrou: - Que merda de amigos são vocês? Vâo me deixar na mão numa hora dessas???
    Diante do aparente desespero do Jojó, e certos de que na hora H ele desistiria, concordamos em ir juntos. No dia marcado fomos em comboio à tal clínica, sendo que o Jojó já saiu de casa ensopado de suor, apesar de todo o frio que fazia. Na clínica, e acho que isso foi fator determinante, o Jojó foi recebido por uma loira daquelas de deixar qualquer um tonto, e com uma voz macia, ele foi levado para dentro de uma sala. Esperamos a qualquer momento ouvir os berros e ver o Jojó sair voando dali, gritando feito louco, mas para nossa surpresa 20 minutos depois vimos um Jojó meio cambaleante sair amparado pela loira, e vimos em seu rosto um misto de dor e prazer.
    No caminho ele explicou que o seu pau fora segurado pela loira, enquanto o sujeito fazia o trabalho, e diante de tal fato, não teve coragem de desistir. Ainda no carro, quis nos mostrar o que ele chamou de "obra de arte", mas sob protesto de todos, e com cara de chateado, desistiu da idéia. Passamos na farmácia e Jojó pediu-nos que comprasse uma quantidade enorme de pomadas, anti-isso e anti-aquilo, e foi para casa descansar. O pior era o Jojó, no outro dia, pedindo que a gente desse uma olhadinha prá ver se não havia nenhuma inflamação no dito cujo, ao que respondíamos que de jeito nenhum olharíamos aquela coisa horrível que devia estar com gangrena e ia cair de podre. O Jojó ia à loucura. Mas vai que tudo cicatrizou, graças às toneladas de Nebacetim que ele colocava, e um dia o Jojó apareceu, de banho e barba feita, cabelo penteado e disse que hoje à noite seria a estréia. Perguntamos com quem, e ele, com aquele ar de sabichão, disse que graças à propaganda boca à boca, elas já sabiam do novo adereço íntimo do Jojó, e que tinha um monte de gatas querendo ser a primeira. E com um sorriso maroto, saiu pela porta. Ficamos ali, conversando e tirando sarro do nosso amigo, porque achávamos que aquilo não ia acabar bem. E não acabou mesmo. No dia seguinte, mesma hora, mesmo boteco, chega o Jojó, meio cabisbaixo, senta na mesa e desabafa:
    - Puta que os pariu!!! A mina toda acesa, eu todo aceso, e vai que na hora de botar a camisinha quem disse que passava pela "cabeça" do bicho. Aquela porra do piercing acabava arrebentando a “mardita”. Depois da quarta tentativa, a mina perdeu a paciência e disse que táva fora. Eu ainda tentei argumentar que talvez sem camisinha fosse melhor, e aí sim que a mina ficou puta. Antes de sair pela porta mandou eu enfiar o piercing naquele lugar...
    A gargalhada foi geral. E ainda falei, de sacanagem:
    - Pô, vai ver se a ceguinha tá em casa...
    Bem que a gente tentou ficar solidário com o cara, mas não deu...

    Marcadores:

    Pensado por: Pensando em terça-feira, 6 de abril de 2010 às 05:14 **
    * *

    ___________________________________

    Boa tarde compadre .. cara eu as vezes me pergunto por que ainda mantenho a nossa amizade .. de uns tempos pra cá, tu deu pra andar com gente problemática foi!!! .. esse amigo que tu arrumou não é muito chegado ao batente .. onde já se viu estragar a ferramenta de trabalho .. só ai mesmo no sul .. rsrsrsrs .. depois vcs reclamam da fama que tem .. rsrsrsrs .. brincadeiras a parte .. quero dizer que já botei as Bohemias pra gelar .. um grande abraço pra ti e beijos na boa esposa e fiarada.

    Pensamento de: Blogger Guto Leite | 9 de abril de 2010 19:56  

    adorei tudo aqui

    Pensamento de: Anonymous Mariana | 24 de abril de 2010 00:15